06 jan, 2020 / por Bento Augusto

Muitas pessoas têm dificuldade em desempenhar o papel de suas próprias vidas, de serem elas mesmas e acabam copiando de outras pessoas seus comportamentos e atitudes. 

A preocupação com a imagem traz limitações emocionais que alteram o jeito de ser das pessoas, as impedem de sonhar, de se soltar, chorar, amar e de correr riscos em busca de seus objetivos, e isso interfere em suas essências.

As comparações são verdadeiras armadilhas da personalidade. Quando você se compara a outras pessoas deixa de enxergar suas qualidades e potencialidades para considerar apenas uma parte do todo. Ou seja, você se reduz e passa a viver um sonho que não é seu.

A sociedade impõe a crença negativa de que nosso valor é medido por nossos desempenhos bem-sucedidos e que os erros nos rebaixam. Abre-se então caminho para emoções desconexas de medo, desagrado e punição. Quando na verdade, as falhas são ótimas oportunidades de aprendizagem, os conflitos são oportunidades para se mostrar o que sabe.

Lembre-se: sacrifícios temporários, vitórias permanentes!

Seja VOCÊ!