27 nov, 2018 / por Bento Augusto

Muito da intolerância que presenciamos hoje tem origem na falta de compreensão e de respeito pelo mapa de mundo do outro. Cada um vê o mundo ao seu próprio modo.

A Programação Neurolinguística tem um pressuposto muito importante, que explica bem essa questão e nos ajuda a entender melhor o próximo: as pessoas respondem à sua experiência, não à realidade em si.

É fascinante despertar para consciência de que cada um de nós enxerga o mundo não da maneira como ele é, mas como entendemos e damos significado a ele, de acordo com as nossas crenças.

Você só consegue explicar algo que já conhece, concorda? Nossos sentidos e as nossas crenças constroem nosso repertório, o nosso mapa de mundo. Por isso, é importante respeitar valores, princípios e crenças. Cada um responde às suas próprias experiências – cuidado para não tirar do outro a oportunidade de ter seu próprio ponto de vista.

Compreender que cada um tem a sua própria história é uma jornada rumo à aceitação de nós mesmos e dos outros.

Exercite essa habilidade e colha os resultados!

1234!