08 fev, 2019 / por Bento Augusto

Os relacionamentos amorosos influenciam a vida de todos nós. Alcançar uma relação plena e saudável, no entanto, requer muito mais do que amar.

A vida é feita de ciclos: as relações começam, terminam e muitas vezes recomeçam. Isso acontece porque todos os nossos sentimentos também passam pelo ciclo de errar, aprender, dar a volta por cima, esquecer o que se passou, errar novamente, superar.

Muitas vezes, as emoções são mais fortes que a lembrança de tempos ruins e isso nos faz dar uma nova chance ou acreditar que determinada situação pode ser diferente. É comum esquecermos nas horas cruciais o que prometemos nas horas normais, em que tudo vai bem.

Não adianta tentar iniciar uma relação esperando a mudança do outro. Somos nós que precisamos aprender a reconhecer a intenção positiva nos comportamentos que reprovamos, nós que precisamos ativar os nossos recursos para lidar com situações conflitantes da vida a dois.

Fácil? Não é! Uma relação a dois requer muita dedicação, cumplicidade, amor e respeito às diferenças. Acredito que o que faz qualquer relação durar é a liberdade. Liberdade de ser, de pensar, de agir e de sentir. Amar alguém não é suficiente para ter um relacionamento saudável.

Estar junto é uma questão de escolha e as escolhas mudam porque temos a liberdade de recomeçar sempre. Mudar exige coragem e você precisa ser forte para reconhecer quando sua relação chegou ao final. Ou então, o tempo vai passar e você continuará preso a mesma situação, impedindo que coisas boas floresçam no seu caminho.

1234!