05 fev, 2019 / por Bento Augusto

Desde que nascemos vamos adquirindo experiências e conhecimentos. Este processo, com o passar dos anos, forma nosso acervo de crenças e valores.

O meio em que estamos inseridos, a educação que recebemos, as amizades que cultivamos, as viagens que fazemos, os livros que lemos… Todas essas vivências geram as nossas crenças.

Acontece que nossa vida não é feita apenas de bons momentos. As experiências negativas são inevitáveis e no futuro podem vir a nos limitar. Por exemplo, se você sofreu com uma traição, poderá ter dificuldade de confiar nas pessoas por acreditar que todos são infiéis.

Por isso, verifique as crenças que vêm influenciando os seus comportamentos, as suas atitudes. As nossas crenças, em especial as limitadoras, podem influenciar até o nosso entendimento da realidade.

As crenças limitadoras não são verdades absolutas e podem ser mudadas. Pergunta: como identificar e mudar as minhas crenças limitantes?

– Busque ter um olhar neutro sobre as coisas.

– Troque as crenças limitadoras pelas crenças possibilitadoras.

– Perceba as afirmações que usa com frequência como “não quero”, “não consigo”, “não tenho”…

– Questione-se mais sobre todas as áreas da sua vida e descubra onde tem capacidade para evoluir.

1234!