12 ago, 2019 / por Bento Augusto

Quando as pessoas se permitem, nos primeiros contatos com a Programação Neurolinguística descobrem coisas novas sobre elas mesmas e passam a explorar suas crenças e valores.

Algumas vezes, estas pessoas se percebem com medo, ansiosas e confusas. O que fazer? Respire profundamente, saiba que o turbilhão de emoções é natural e para cada um acontece de modo diferente. Mas é sempre bom explorar e conhecer novos aspectos sobre si mesmo.

Aos poucos as fichas começam a cair e as pessoas passam a se sentir confortáveis consigo mesmas. Frequentemente, já confiantes de si mesmas, os que entram nos treinamentos passam a falar com naturalidade e entusiasmo: “Uau! Caiu uma ficha! Aprendi algo valioso sobre mim e o modo como percebo o mundo”.

Na sua busca pelo autoconhecimento, possivelmente, estas mesmas pessoas descobrem mais sobre suas crenças, seus valores, suas estratégias para conseguir o que querem na vida ou como lidam com situações cotidianas de formas diferentes para alcançar resultados diferentes, mais desejados.

Ao olhar para dentro é possível que você perceba o quanto as pessoas respondem à sua experiência e não à realidade em si. E uma vez que internalize esta consciência, você compreenderá ainda mais que o sucesso que planeja para o seu futuro, começa nos passos que você dá no agora.

1234!