Encontros

Como seres sociais que somos, estamos em constante conexão com outras pessoas. Nossa capacidade de diálogo nos permite construir uma relação positiva e frutífera.

Termine o que começou

Você já se sentiu incomodado por não ter concluído uma tarefa? Pode reparar, é mais fácil lembrar das coisas que ficaram inacabadas do que as que foram concluídas. Sabe quando algo fica martelando na sua cabeça? Aquela lembrança persistente? Basta um minuto de tranquilidade e pronto! Lá vem ela novamente. Esse fenômeno não acontece somente

Omissão em PNL

Nossa linguagem interna é muito complexa. Dentro de cada pessoa existe um universo de emoções e pensamentos que precisam ser transformados em linguagem para podermos nos comunicar. A PNL estuda os processos que a nossa mente utiliza para compilar essas informações e uma das formas utilizadas é a Omissão.

O poder da ação

Uma das pressuposições da PNL é: “Se quiser compreender, aja!” O agir, é o que leva a estrutura construída em nosso pensamento a se tornar real. Para a PNL, aprendemos muito mais pelas nossas vivências. Estudos mostram que retemos na memória 10% do que lemos e 90% do que ouvimos e logo em seguida praticamos.

O corpo grita!

Apenas 7% da nossa comunicação se dá por meio de palavras. Outros 38% se referem ao tom, volume e ritmo que conferimos à voz. Agora, o maior impacto da nossa comunicação se dá pela linguagem corporal (55%). O corpo fala! A linguagem não-verbal diz muito a nosso respeito. Revela nossas intenções conscientes e inconscientes por

O que te impede de ser feliz?

Ser feliz é uma escolha. Uma das pressuposições da PNL diz que: nós temos todos os recursos que precisamos – ou podemos criá-los. Se temos todos os recursos que nos permitem ser feliz, por qual motivo muitas vezes acreditamos que não encontramos a felicidade?

Aceite as mudanças

Quer saber se você é flexível? Basta reparar em como você reage às mudanças. A flexibilidade é uma competência importante para quem deseja atingir os objetivos.

Quais são seus valores?

Os valores nos definem. Podemos entendê-los como um conjunto de características que determinam como nos comportamos e interagimos com o outro.

Cérebro comanda

Um dos pais da PNL, Richard Bandler, costuma dizer que a maior parte das pessoas não usa seu cérebro de maneira ativa e refletida. O que ele explica e nós, estudiosos da PNL entendemos, é que o cérebro é uma máquina que não pode ser desligada.

Omissão em PNL

Nossa linguagem interna é muito complexa. Dentro de cada pessoa existe um universo de emoções e pensamentos que precisam ser transformados em linguagem para podermos nos comunicar.